Reality

Após caso de violência psicológica na 12° edição, diretor de 'A Fazenda' explica como o tema será abordado na nova temporada

A violência psicológica que a Raissa Barbosa sofreu na 12° edição de A Fazenda, após as crises da Síndrome de Borderline, chocou o Brasil com a falta de empatia. Mas o público abraçou ela e sua história, vamos ver como vai ser esse ano.

3 min de leitura
14 Set 2021 - 13h15 | Atulizado em 14 Set 2021 - 13h15

Fogo no feno é o que não falta na Fazenda. No ano passado a participante Raissa Barbosa, de 30 anos, teve alguns episódios de descontrole emocional e foi muito julgada dentro do Reality, outros participantes afirmavam que ela era louca ou que queria chamar atenção.

 

Raissa Barbosa/2021/(Foto: Reprodução/Instagram)


A modelo e empresária, participou da 12° edição de A Fazenda. Foi uma das queridas do público após ter sofrido violência psicológica dentro da casa. Ela afrima, que foi diagnósticada pela Síndrome de Borderline um ano antes de ter entrado no confinamento. Essa doença não tem cura, apenas tratamento com remédios e terapia para controlar os episódios de raiva extrema que acontece depois de ter uma ativação de um gatilho emocional, como chama-lá de "louca". Sabendo disso, alguns dos participantes como Luiza Ambiel, Mc Mirella e Victória Villarim tentaram aproveitar da situação para que a peoa se descontrolasse agredindo alguém e fosse expulsa. 

https://inmagazine.com.br/post/Marina-Ferrari-e-anunciada-como-participante-de-A-Fazenda-2021

https://inmagazine.com.br/post/Adriane-Galisteu-promete-ser-os-olhos-do-publico-em-A-Fazenda-13

https://inmagazine.com.br/post/A-nova-temporada-de-A-Fazenda-estreia-nesta-terca-feira


Porém, a estratégia das três peoas teve um efeito contrário, o público se chocou com a atitude, e fez com que elas fossem eliminadas do reality. Alguns telespectadores pediram expulsão alegando que era violência psicológica. Carille foi questionado se teria uma possível nova regra para a A Fazenda 13, e ele respondeu "Tudo o que não coloque em risco a integridade física do participante, pode fazer", arfimou. "A gente sugere que as pessoas evitem isso (violência psicológica). Dependendo de como acontecer, se estiver junto com algo que possa ferir a integridade física, isso pode gerar expulsão, também" considerou.

Ele ressalta que todos os participantes tem avaliação psicológica antes de assinar o contrato. Segundo Carelli, todos aqueles que tiverem algum problema serão acompanhados por uma equipe médica. 

"Nossos médicos conversam com os médicos deles. Todos o que têm uma questão psicológica ou psiquiátrica, a gente está consciente disso. A nossa equipe está consciente e vai dar todo apoio ao longe da temporada", assegurou o diretor. 

Ainda de acordo com Rodrigo Carelli, caso algum médico identifique que uma violência psicológica passe dos limites, é possível que haja uma expulsão. "Mas não é uma regra do reality", disse. 

 

(Foto Destaque: Reprodução, Instagram)

Deixe um comentário